Homem mordido por cachorro tem indenização negada

Testemunhas afirmaram que o homem foi advertido pelos proprietários da casa para não entrar no recinto onde o animal encontrava-se

Fonte | TJSP - Quinta Feira, 12 de Junho de 2014

Acórdão da 8ª Câmara de Direito Privado do TJSP confirmou decisão da Comarca de São Sebastião e negou pedido de indenização de um pedreiro que foi mordido por um cão dos donos da residência onde executava uma obra.


O autor relatou que sofreu danos estéticos – em razão da perda de parte da orelha direita – e danos morais, além de ter deixado de lucrar em razão do acidente. Por outro lado, testemunhas afirmaram que o homem foi advertido pelos proprietários da casa para não entrar no recinto onde o animal, de nome Brutus, encontrava-se.


O relator Pedro de Alcântara da Silva Leme Filho afirmou em voto que não há como responsabilizar os donos do cão porque o apelante foi imprudente ao não acatar as recomendações deles. “Não fosse isso, seria o caso de indenizá-lo, pois as lesões são graves e evidentes.”


Os desembargadores João Batista Silvério da Silva e Theodureto de Almeida Camargo Neto também participaram do julgamento e seguiram o entendimento do relator.

 
Apelação nº 0004480-26.2011.8.26.0587

 

Canal Direto

Atendimento presencial (Robson Martins Gonçalves)

Rua Doutor Nogueira Martins, nº 80, Saúde/SP,
Cep: 04143-020
(011) 3895-7494
(011) 99935-4028 - Claro
armg.contato@gmail.com
Desenvolvido por Webnode